Como corrigir uma equipe desmotivada

Por: Redação Otimiza Benefícios

 

Você sabia que nenhum profissional está blindado contra a desmotivação e perda de produtividade? Até mesmo aqueles com grande talento e eficiência sofrem com a ausência de motivação.

A motivação é gerada de diferentes maneiras para cada funcionário. Para alguns, está no salário e benefícios, enquanto outros, está em um plano de carreira.

E saiba que ela está totalmente ligada com a produtividade e desempenho. 

Mesmo que a empresa tenha contratado os melhores profissionais, o fato é que, se houver uma equipe desmotivadas, toda a produtividade será comprometida.

Infelizmente a desmotivação é contagiosa.

Além de adotar uma postura descomprometida, causa conflitos pessoais e deixa de cumprir com as metas propostas. 

Por meio de questionamentos e reclamações, ele lança dúvidas sobre o quanto vale se empenhar para atingir os objetivos comuns.

Em boa parte das vezes, consegue seguidores.

 

Na maioria das vezes, uma equipe desmotivada não é a causa dos seus problemas, mas apenas mais uma das consequências dos verdadeiros problemas.

 

Veja abaixo as principais causas que geram uma equipe desmotivada:

 

1 – Processos mal definidos

Processos mal definidos geram desorganização, que, por consequência, produzem retrabalho.

Quem gasta energia para se organizar o tempo todo, perde tempo e deixa de fazer aquilo que realmente é importante.

Modelar os processos é o segredo nesse momento.

Um trabalho eficiente é aquele que canaliza as energias para as coisas certas, de maneira objetiva.

É aquele que acaba estabelecendo uma relação de sustentabilidade financeira entre cada colaborador e a receita da empresa, já que não se perde dinheiro como consequência de erros bobos na entrega final do produto ou serviço.

 

2 – Pessoas em lugares errados

Enquanto líder, é importante que você saiba identificar o perfil de cada membro de sua equipe e colocá-los nas funções corretas.

Muitas vezes, uma pessoa com talento para a função X está alocada na função Y, e, portanto, ela poderá receber um retorno negativo injustamente. E não é só a pessoa que perde, a empresa também.

Se o potencial de alguém é desperdiçado por conta de uma má alocação, a empresa deve avaliar o perfil do colaborador e realoca-lo para uma atividade condizente com esse perfil.

 

3 – Má liderança

Além da liderança ser sensível para diagnosticar a falta de motivação da equipe, ela também precisa aguçar o senso de autocrítica constantemente.

Existem vários fatores para isso e um deles é a falta de comunicação entre líder e liderados.

É preciso saber ouvir e também saber falar.

E, além disso, é importante mediar a opinião de todos, de modo a encontrar uma síntese eficaz para a solução dos problemas, e então encontrar o caminho certeiro, sintonizado às expectativas de todos e da empresa.

É fundamental que haja uma comunicação aberta entre chefia e equipe, que a cumplicidade entre ambos seja produtora de um clima de liberdade para que sejam alcançados os objetivos comuns, mas também que possam proporcionar o crescimento individual de cada membro.

 

Para lidar com uma equipe desmotivada e mudar essa situação, você precisará de um plano de ação, que é o que vamos mostrar agora:

 

1- Ouça seus colaboradores

Seria muito fácil elaborar um plano de ação sozinho, mas nesse caso as chances de adesão do grupo se tornam menores. Portanto, comece ouvindo-os.

Dê oportunidades para expressarem suas necessidades, e indicarem condições que poderiam favorecer a produtividade, e ouça suas ideias sobre que medidas tornariam os processos da empresa mais ágeis e eficazes.

 

2- Defina objetivos para o plano

As pessoas dificilmente se comprometem com projetos que não sejam claros e que elas não sabem aonde irão levá-las.

Sem ter em mente o objetivo, os colaboradores se sentem “atirando para todos os lados”, sem saberem exatamente o alvo que devem alcançar.

Definir uma meta clara ajuda as pessoas a direcionarem seus esforços, produzindo motivação.

 

3- Estabeleça estratégias para alcançar os objetivos

Tão importante quanto ter um objetivo, é definir as estratégias.

Elas ajudam a estabelecer quais atividades serão executadas e a sequência lógica para garantir que os melhores resultados sejam obtidos em um menor tempo e com menos esforço.

Esse passo também precisa prever os papéis de cada integrante da equipe.

Ou seja, cada um sabe quais as atividades que vai desempenhar e os recursos necessários para a realização das ações.

 

4- Proporcione feedback

Embora o projeto deva ter uma data final, é importante comunicar-se com a equipe durante todo o tempo e tornar objetivos distantes um pouco mais próximos da realidade.

A avaliação não deve ocorrer apenas ao final do processo.

Definir metas intermediárias ajuda a manter a equipe motivada, pois, além de mostrar se as ações estão gerando o resultado esperado, elas podem ajudar a corrigir a rota e definir novas estratégias caso a equipe não esteja atingindo as expectativas.

Manter um quadro para expor gráficos de desempenho do time e as conquistas mais expressivas também pode ser uma excelente forma de motivação.

 

5- Dê o exemplo

Quer engajamento do seu time?

Dê o exemplo!

Como líder, seja pontual e comprometido.

Cumpra o que prometer.

Tenha bom humor e impulsione o crescimento por meio do reconhecimento das contribuições de cada indivíduo.

 

6- Recompense os resultados

Nenhuma equipe se empenhará em alcançar as metas se isso for gerar apenas mais demandas.

Melhores condições de trabalho, oportunidades de novos cargos e crescimento na empresa são excelentes recompensas.

Mostre, desde o princípio, que os bons resultados trazem lucros para a empresa, mas que parte disso será revertido em benefícios para todo o grupo — seja por meio da contratação de novos funcionários, para dividir as responsabilidades, ou benefícios para os participantes.

 

7- Comemore o sucesso

Quando os colaboradores alcançam os resultados estabelecidos, e a empresa os trata como se não tivessem feito mais que a obrigação, eles se sentem desmotivados.

Por mais que um funcionário saiba que ele recebe o salário para produzir, o reconhecimento por parte da organização faz com que as pessoas se sintam valorizadas.

Portanto, quer seja um jantar especial, um coffee break ou mesmo um happy hour com a equipe, mesmo que seja on-line, o sucesso precisa ser celebrado.

Essa sensação de fazer parte de um time vitorioso motivará a equipe a continuar se empenhando em obter bons resultados.

 

Fique de olho no nosso Portal! CLIQUE AQUI!